Conserva de jurubeba

A jurubeba contribui no tratamento de diversos problemas de saúde de origem hepática e gastrointestinal. O seu amargor natural estimula as secreções do trato digestivo, auxiliando a digestão. Mas, deve-se consumir com moderação pelo fato dela ter alta concentração alcaloide, o que pode causar sintomas desagradáveis como vômito e diarreia. Não podemos esquecer que mesmo se tratando de um produto natural, contém, além de propriedades benéficas, contraindicações e efeitos adversos. Aprenda a fazer uma conserva caseira de jurubeba e aproveite da melhor maneira essa delícia da natureza!

Ingredientes:

Jurubebas verdes

Vinagre branco

Sal

Louro

Alho

Pimenta do reino branca (descascada)

Vidro esterilizado

Modo de preparo:

Colha os frutos da jurubeba verdes, retire os talos, lave e coloque-os em uma panela com bastante água, leve-a ao fogo e deixe ferver por 3 minutos, escorra a água e repita esse processo por mais 7 vezes. Após a última fervura, lave os frutos com água fria e reserve sobre uma peneira. Coloque as especiarias dentro do vidro, exceto o sal e o vinagre. Em seguida, adicione os frutos reservados, adicione o sal e encha o vidro com o vinagre deixando apenas uma borda de ½ cm livre. Tampe o vidro e proceda o processo de fechamento à vácuo do vidro: coloque-o em uma panela alta e encha a panela com água, leve ao fogo baixo, deixando ferver por 15 minutos após começar a fervura. Deixe o vidro na panela até que a água esteja totalmente fria, retire-o, seque e guarde em local seco e sem claridade por no mínimo 1 mês antes de consumir a conserva.

   dsc01604   dsc01597

   dsc01596

Delicie-se!

Maria Sônia

Anúncios

2 pensamentos sobre “Conserva de jurubeba

  1. o fruto da jurubeba pode ser comido “in natura” ? . Se positivo quantos frutos ao dia…?

    • Olá, Carlos. Podem serem comidos in natura sim. Costumo comer até 6 frutos por dia, 3 por refeições principais, isso é, se você não se incomode com o amargor dos mesmos. Ficam deliciosos amassados quando amassado-os no prato com o auxílio de um garfo e comermos com o feijão de cada dia. Experimente e depois me diga se gostou.
      Abs, Maria Sônia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s