Quiche de arroz com espinafre

Esse quiche é de fácil preparo e o resultado é maravilhoso, realmente não tem erro. Espero que você prove e goste, bom apetite!

Massa

Ingredientes:

3 xícaras de farinha de trigo

1 xícara de água

2 colheres de sopa de manteiga ou margarina

3 colheres de sopa de óleo

1 colher de sobremesa de fermento

½ colher de chá de sal

Modo de preparo:

Sobre um bowl, peneire a farinha com o sal e o fermento. Adicione a margarina e o óleo e mexa vagarosamente, juntando a água aos poucos. Amasse a massa com a mão sem sovar, o suficiente para obter uma massa lisa. Faça uma bola com a massa, cubra-a com um plástico ou um pano úmido e deixe repousar por 30 minutos. Divida a massa em 2 porções, abra uma a uma com o rolo de abrir massas, arrume em 2 formas para torta, fure a massa no fundo da forma com o auxílio de um garfo e reserve.

Recheio

Ingredientes:

4 xícaras de arroz cozido

1 maço de espinafre

4 ovos

200 ml de creme culinário ou creme de leite sem o soro

300 g de queijos sortidos picados

1 colher de chá de sal

Pimenta do reino, noz-moscada

Modo de preparo:

Lave e branqueie (escalde) o espinafre em água fervente por 3 minutos, escorra descartando a água. Em seguida, pique o espinafre e coloque-o em um bowl, adicione o arroz cozido como de costume, os ovos batidos como para omelete, o creme culinário/ creme de leite, os queijos e os temperos, mexa e recheie as massas reservadas. Asse em forno médio preaquecido por aproximadamente 40 minutos. Sirva quente.

   dsc09033   dsc09030

Imperdível!

Maria Sônia

Creme de abóbora com bredo

Essa receita combina a usual abóbora, muito usada para o preparo de sopas e cremes como esse com uma PANC (Planta Alimentícia Não Convencional). A plantinha de nome bredo, também conhecida como caruru, é rica em vitaminas A, B1, B2, C, potássio, ferro e cálcio. Muito comum, nasce e cresce praticamente em qualquer lugar, você até pode cultivá-la em casa em um vaso, já que ela é simples de cuidar e de crescimento rápido. Para isso, basta um lugarzinho com incidência de sol direta. O bredo também pode ser usado refogado como acompanhamento ou em diversas preparações como farofas e cozidos. Dê uma chance ao diferente e surpreenda seu paladar!

Ingredientes:

300 g de bredo

500 g de abóbora cabotiá

2 colheres de sopa de óleo ou azeite

1 cebola grande

2 dentes de alho

Sal, pimenta do reino e noz-moscada a gosto

Modo de preparo:

Lave o bredo, pique-o bem, reserve. Leve ao fogo uma panela com o azeite, refogue a cebola e o alho também bem picadinhos. Em seguida adicione a abóbora cozida e batida no liquidificador, tempere e cozinhe até que o bredo esteja macio. Sirva quente acompanhado de queijo ralado e pão.

 

   dsc09107   dsc09098

Bom apetite!

Maria Sônia

Suflê de mandioca e alho-poró

Você não pode imaginar o delicioso sabor desse suflê! Bem macio e estruturado pelo fato de ter como ingrediente de base a mandioca e muito gostoso pela adição do alho-poró, que para mim, tem um sabor único. Não deixe de provar essa receita!

Ingredientes:

1 kg de mandioca

2 alhos-poró

4 ovos

1 xícara de queijo meia cura ralado

½ xícara de leite

½ xícara de creme de leite sem soro

3 colheres de sopa de manteiga ou margarina

Noz-moscada e pimenta do reino a gosto

Manteiga e farinha de aveia para a forma

Modo de preparo:

Cozinhe a mandioca como de costume. Depois de cozida, escorra dispensando a água, remova a fibra central de cada pedaço , em seguida, passe-a pelo espremedor de batatas e reserve. Lave os troncos (parte branca do alho-poró) e corte-os em rodelas, reserve. Leve ao fogo uma panela com a manteiga, junte o alho-poró e refogue por uns 3 minutos, adicione a mandioca, o leite e creme de leite, mexa e retire a panela do fogo. Tempere com a noz-moscada e com a pimenta do reino, adicione o queijo e as gemas uma a uma, mexendo a cada adição e, por último, adicione as claras batidas em ponto de neve. Unte com manteiga e polvilhe com farinha de aveia (flocos finos) uma forma, acomode o suflê cuidadosamente, leve-o para assar em forno médio pré-aquecido por aproximadamente 40 minutos.

Dicas:

Você pode substituir a farinha de aveia usada na forma por farinha de rosca. Caso queira, adicione carne seca, cozida e desfiada. Para isso, junte à receita ao mesmo tempo em que adicionar o queijo.

   dsc09056   dsc09079

Aproveite!

Maria Sônia

Ensopado de atum com mandioca

Com um sabor bem delicado e uma combinação inusitada, esse ensopado vai conquistar seu paladar. Prepare agora neste inverno e aproveite essa delícia!

Ingredientes:

1 kg de atum

1 kg de mandioca

200 ml de leite de coco

200 ml de água

2 tomates grandes não muito maduros

1 colher de sopa de óleo

2 colheres de sopa de azeite de dendê

1 folha de louro

1 pimenta dedo de moça

2 dentes de alho

½ colher de sopa de páprica doce ou colorau

½ maço de coentro e cebolinha

Modo de preparo:

Descasque e lave a mandioca. Abra-a ao meio, retire a fibra central e corte toda mandioca em cubos grandes, coloque-os em uma panela, adicione água o suficiente para cobrir, tampe a panela, leve ao fogo e cozinhe por 2 minutos após levantar fervura, retire do fogo, escorra sobre uma peneira, dispensando a água e reserve. Limpe o atum, retire a pele cuidadosamente para não haver desperdício, corte postas grandes, eliminando as espinhas que for encontrando, reserve. Leve ao fogo uma panela com o óleo e refogue o alho sem deixar dourar. Adicione o leite de coco, a água, o louro, a pimenta picada e a mandioca reservada. Cozinhe até que a mandioca esteja macia, mas não muito cozida. Adicione os tomates picados, sem pele e sem sementes, o dendê, o atum reservado e cozinhe por 5 minutos. Junte o coentro bem picadinho. Sirva em seguida.

   dsc08973   dsc08984

Bom apetite!

Maria Sônia

Minestrone a carreteiro

São infinitos os tipos de sopas e seus modos de preparos, indo desde a delicada sopa bouillon, leve e na maioria das vezes servida como entrada, às mais encorpadas como a minestrone, que é quase um risoto. Essa receita à base de feijão é bem completa e nutritiva, ideal para servir como prato principal nos dias frios. Experimente!

Ingredientes:

800 g de feijão fresco (usei feijão rajado)

150 g de toucinho fresco

1 folha de louro

2 e ½ litro de água

200 g de mandioca

150 g de cenouras

Macarrão para sopa a gosto

½ almeirão

3 tomates

1 talo grande de salsão

2 dentes de alho

Manjericão e salsinha frescos a gosto

Pimenta do reino e queijo ralado na hora

Modo de preparo:

Debulhe o feijão, lave e coloque-o em uma panela grande, adicione 1 litro e meio de água, o louro e o toucinho picado e leve ao fogo, quando ferver, reduza o fogo e cozinhe em fogo baixo por 40 minutos. Enquanto isso, descasque a mandioca, lave, corte ao meio, retire a fibra central e corte em pequenos pedaços. Pique a cenoura, o almeirão, o tomate (que deve estar sem pele e sem sementes) e o talo de salsão (que deve ser limpo e ter suas fibras mais duras retiradas). Tudo picadinho, adicione o feijão, junte mais 1 litro de água e deixe cozinhar por 1 hora. Passado o tempo indicado, adicione o alho bem amassado, o macarrão e cozinhe por mais 8 minutos, retire do fogo, junte o manjericão e a salsinha, mexa e sirva com queijo ralado e pimenta do reino.

Dicas:

Você pode substituir a mandioca por batata e o almeirão por escarola.

   dsc09005   dsc08997

Saborosa!

Maria Sônia

Risoto de linguiça calabresa

Muitas pessoas temem se arriscar no preparo de risotos pois temem não acertar o ponto correto de cocção. Trata-se de prática que só pode ser adquirida a partir da prática. Esse risoto de calabresa é delicioso e não requer muitos ingredientes. Experimente e fique craque em risotos!

Fundo/ caldo

Ingredientes:

1 litro de água

1 folha de louro

1 dente de alho

1 folha de salsão

Modo de preparo:

Coloque a água e todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo baixo por 15 minutos, sem deixar ferver, retire do fogo e reserve.

Risoto

Ingredientes:

2 xícaras de arroz para risoto

2 colheres de sopa de manteiga ou de uma boa margarina

1 cebola média

50 g bacon

300 g de linguiça calabresa

1 xícara de vinho tinto seco

½ colher de sopa de açafrão ou cúrcuma

Pimenta do reino a gosto

1 litro de fundo

Modo de preparo:

Remova a pele da linguiça e rale-a em um ralo grosso, reserve. Em uma caçarola, coloque metade da manteiga e refogue a cebola bem picadinha sem deixar dourar. Junte a linguiça, o bacon bem picado e refogue mais um pouco. Adicione metade do vinho, mexa, junte o arroz, continue a mexer por uns 3 minutos, adicione o restante do vinho e conchas do caldo reservado, que deve estar fervente. Prossiga adicionando caldo aos poucos mexendo o risoto continuadamente. Dilua o açafrão na última concha de caldo e finalize a cocção do risoto, adicione a pimenta do reino, o restante da manteiga. Retire do fogo e sirva quente. Se optar, sirva com queijo ralado.

Dicas:

Como os embutidos costumam ser muito salgados, é importante que o fundo/ caldo para o preparo desse risoto não contenha sal. Caso seja necessário corrigir o sal, adicione no final do preparo, antes de retirar o risoto do fogo.

   dsc08914   dsc08916

Bom apetite!

Maria Sônia

Pão italiano

Basta uma frente fria rápida para eu fazer receitas quentinhas de inverno. Que tal um pão italiano delicioso e crocante? Esse eu usei para acompanhar uma sopa. Espero que goste!

Ingredientes:

1 kg e 1 xícara de farinha de trigo

1 envelope de fermento seco para pão

600 ml de água

1 colher de sopa de sal

½ colher de sopa de açúcar cristal

3 colheres de óleo

Modo de preparo:

Em um bowl grande, coloque 1 xícara de farinha, junte o fermento e o açúcar, mexa e adicione 1 xícara da água amornada. Mexa bem, cubra o bowl com um plástico e deixe descansar de 20 a 30 minutos. Passado o tempo indicado, adicione o restante da água amornada já com o sal e o óleo, mexa, junte ½ kg de farinha aos poucos mexendo com uma espátula. Em seguida, despeje a massa no mármore e vá adicionando o restante da farinha aos poucos e sovando a massa até obter uma massa lisa. Faça uma bola com a massa, coloque-a no bowl, cubra com plástico e deixe descansar de 30 a 40 minutos. Unte com margarina uma forma grande, tipo tabuleiro e reserve. Divida a massa em 10 partes iguais, molde os pãezinhos boleando-os um por um sobre o mármore. Passe farinha em cada pãozinho, para criar a crosta, arrume-os na forma e mantenha cobertos com plástico, deixe crescer por mais 20 a 30 minutos. Leve para assar em forno médio preaquecido de 30 a 40 minutos ou até que estejam dourados. Retire do forno e ainda quentes, com o auxílio de uma faca de serra, corte uma pequena tampa na superfície de cada pãozinho, retire o miolo, encha-os com a sopa que deve estar pronta e quente, cubra com queijo ralado e volte os pãezinhos para o forno para gratinar. Sirva em seguida.

Dicas:

Recomendo que além de cobrir a massa com plástico em cada etapa para que a massa não resseque impedindo o crescimento, que, em caso de dias frios, coloque por cima do plástico uma toalha para manter a massa protegida da friagem.

Caso queira fazer os pães e não servir com sopa, essa receita rede 2 pães grandes de aproximadamente 800 g cada.

   dsc08808      dsc08819

Aproveite o frio!

Maria Sônia

Bolinhos de bacalhau com aipim

Quem não gosta de bolinho de bacalhau? Eu pessoalmente adoro! Aprenda a preparar uma deliciosa receita bem facinha.

Ingredientes:

1 kg de aipim/ mandioca cozida

500 g de bacalhau dessalgado desfiado

3 ovos

Pimenta do reino e noz-moscada a gosto

½ maço de cheiro verde bem picado

Farinha de rosca para empanar

Óleo para fritar

Modo de preparo:

Depois que dessalgar o bacalhau, seque-o bem em uma toalha de cozinha limpa e desfie bem fininho, reserve. Cozinhe o aipim/mandioca, depois de cozido, remova a fibra grossa do centro, em seguida, amasse para obter um purê, junte ao bacalhau e tempere com noz-moscada, pimenta do reino, cheiro verde bem picado e adicione as gemas (reserve as claras para empanar). Misture bem, faça bolinhos no tamanho desejado, passe nas claras e na farinha de rosca. Frite em óleo quente até que estejam dourados, retire com o auxílio de uma escumadeira e coloque sobre papel toalha. Sirva quente.

Dicas:

Antes de moldar os bolinhos, verifique o sal, pois, caso o bacalhau esteja bem dessalgado, será necessário adicionar um pouco.

   dsc08721   dsc08724

Experimente!

Maria Sônia

Hambúrgueres de cogumelos

Há inúmeras opções de hambúrgueres para vegetarianos e veganos, um dos mais nobres, proteicos e gostosos é o de cogumelos. Nessa receita usei um mix de cogumelos paris, boleto, shimeji.

Ingredientes:

600 g de cogumelos sortidos

1 limão

2 colheres de sopa de cebola desidratada

3 colheres de sopa de azeite

1 xícara de chá de aveia laminada

1 colher de chá de sal

1 colher de sopa de folhas frescas de manjericão roxo fresco

Noz-moscada e pimenta do reino a gosto

1 xícara de pasta de soja

Farinha de rosca de 1 pãozinho

Modo de preparo:

Em um bowl, coloque os cogumelos com água suficiente para cobri-los, adicione o suco do limão e deixe de molho por 10 minutos. Passado o tempo indicado, lave os cogumelos um a um nessa água. Em seguida, aperte-os bem para eliminar o excesso de água, pique-os e reserve. Leve ao fogo uma frigideira grande teflonada com o azeite e deixe aquecer bem. Quando quente, adicione os cogumelos e, mexendo de vez em quando, deixe cozinhar por uns 10 minutos em fogo alto ou até que reste pouco caldo. Reduza o fogo e tempere com todos os condimentos, mexa, adicione a aveia, a pasta de soja preparada como para bolinhos de soja, o pãozinho ralado e cozinhe por 5 minutos mexendo vagarosamente, retire do fogo e deixe amornar. Quando morno, despeje sobre o mármore forrado com um plástico, abra na espessura de uns 3 cm e molde os hambúrgueres, colocando-os em seguida sobre papel filme ou plástico separados um do outro. Leve para congelar antes de fritar. Frite em fogo baixo, em uma frigideira teflonada com um pouquinho de azeite, de ambos os lados até que estejam dourados. Rendimento: 8 unidades

   dsc08713   dsc08710

Aproveite!

Maria Sônia

Feijão mulatinho

Não fico sem feijão, mas não gosto de cair na rotina. É bom variar, não é? Inove e experimente preparar o feijão mulatinho com carne seca e paio, fica delicioso!

Ingredientes:

500 kg de feijão mulatinho

1 e ½ litro de água para a cocção

3 paios

300 g de carne seca dessalgada

200 g de tripa de porco

2 folhas de louro

3 dentes de alho

½ maço de coentro fresco

Modo de preparo:

Lave o feijão e deixe-o de molho em água suficiente para cobrir por 12 horas. Em outro bowl, faça o mesmo com a carne já cortada em pedaços, trocando a água várias vezes. Passado o tempo, escorra o feijão dispensando a água e coloque-o em uma panela de pressão com capacidade para 7 litros. Adicione a carne já dessalgada e sem a água do molho, o paio cortado em rodelas não muito finas, as tripas cortadas em pedaços pequenos, as folhas de louro e a água. Leve a panela ao fogo alto, quando ferver, reduza o fogo, tampe a panela e cozinhe por 25 minutos após a panela pegar pressão. Passado o tempo, desligue o fogo e deixe a panela sobre o fogão, espere a pressão sair naturalmente. Levante o pino da panela e verifique se ainda tem pressão, destampe a panela e verifique se está tudo cozido, se estiver, volte a panela ao fogo sem tampar, adicione o alho amassado, o coentro bem picado e deixe ferver por uns 5 minutos. Retire do fogo e sirva e seguida.

Dicas:

O feijão mulatinho é um feijão apropriado para ser preparado dessa forma mais demorada, deixando-o muito mais saboroso, perfeito para ser servido com cuscuz à moda nordestina ou com xerém/ quirera, que mesmo sendo um prato típico da culinária portuguesa, combina muito bem com essa receita de feijão.

dsc08651

Aproveite!  

Maria Sônia