Filé de merluza empanado com molho de oiti e coco

O oiti é um fruto típico do serrado, de sabor único e incomparável. Adicionado a essa receita fez toda diferença, combinando perfeitamente com o sabor do coco. Um molho incrível para servir com peixe, frango, legumes salteados etc. Experimente e me diga se gostou, OK?

Ingredientes:

500 g de filé de peixe de sua preferência (usei Merluza)

Suco de um limão

1 colher de chá de sal

Salsa desidratada a gosto

Pimenta do reino moída na hora a gosto

Polpa de 2 oitis (batidas no liquidificador com ½ xícara de água)

200 ml de leite de coco

1 colher de óleo

2 dentes de alho grandes

Sal a gosto

2 colheres de sopa de farinha de trigo

1 xícara de farinha de mandioca Deusa (para empanar)

Modo de preparo:

Filés

Com os filés já limpos e em um bowl, adicione o suco do limão, deixe descansar por uns 2 minutos e remova o suco apertando os filés entre as mãos, coloque-os de volta ao bowl e tempere com sal, pimenta do reino e salsa. Cubra o bowl e deixe em repouso por uns 30 minutos para pegar o sabor dos temperos. Passado o tempo, passe os filés na farinha de mandioca e frite-os em óleo quente até a farinha começar a dourar. Retire o peixe e vá colocando em papel toalha para retirar o excesso de óleo.

Molho

Em uma panela, refogue o alho no óleo sem deixá-lo dourar. Adicione o suco do oiti obtido da polpa, o leite de coco e o sal e deixe ferver em fogo baixo por uns 5 minutos. Adicione a farinha de trigo dissolvida em um pouco de água previamente, mexendo sem parar para não empelotar, e cozinhe por mais uns 5 minutos. Retire do fogo e sirva o molho sobre o peixe.

Dicas:

Não deixe o peixe fritar por muito mais tempo após a farinha começar a dourar para que o peixe fique suculento e não ressecado.

Surpreendente!

Maria Sônia

Anúncios

Molho de abacate com atum

No Brasil o costume é consumir o abacate em preparações doces, no entanto, em outros países essa fruta é muito utilizada em pratos salgados. Essa receita versátil é ótima para complementar saladas, sanduíches e massas. Não deixe de provar!

Ingredientes:

1 abacate médio maduro

1 lata de atum

1 cebola média

1 pimenta dedo de moça pequena e sem sementes

½ maço de coentro

½ maço de cebolinhas

3 colheres de sopa de azeite extra virgem

2 colheres de sopa de suco de limão ou vinagre

1 colher de chá de sal

Modo de preparo:

Descasque o abacate, pique-o em pequenos pedaços e coloque-os em um bowl. Adicione a cebola, o coentro, a cebolinha e a pimenta bem picadinhos, o sal, o suco de limão e o azeite, misture bem, junte o atum, mexa e sirva.

Dicas:

Se for vegetariano(a), é só dispensar o atum, nesse caso, adicione mais azeite.

Uma delícia!

Maria Sônia

Ensopado de atum com mandioca

Com um sabor bem delicado e uma combinação inusitada, esse ensopado vai conquistar seu paladar. Prepare agora neste inverno e aproveite essa delícia!

Ingredientes:

1 kg de atum

1 kg de mandioca

200 ml de leite de coco

200 ml de água

2 tomates grandes não muito maduros

1 colher de sopa de óleo

2 colheres de sopa de azeite de dendê

1 folha de louro

1 pimenta dedo de moça

2 dentes de alho

½ colher de sopa de páprica doce ou colorau

½ maço de coentro e cebolinha

Modo de preparo:

Descasque e lave a mandioca. Abra-a ao meio, retire a fibra central e corte toda mandioca em cubos grandes, coloque-os em uma panela, adicione água o suficiente para cobrir, tampe a panela, leve ao fogo e cozinhe por 2 minutos após levantar fervura, retire do fogo, escorra sobre uma peneira, dispensando a água e reserve. Limpe o atum, retire a pele cuidadosamente para não haver desperdício, corte postas grandes, eliminando as espinhas que for encontrando, reserve. Leve ao fogo uma panela com o óleo e refogue o alho sem deixar dourar. Adicione o leite de coco, a água, o louro, a pimenta picada e a mandioca reservada. Cozinhe até que a mandioca esteja macia, mas não muito cozida. Adicione os tomates picados, sem pele e sem sementes, o dendê, o atum reservado e cozinhe por 5 minutos. Junte o coentro bem picadinho. Sirva em seguida.

   dsc08973   dsc08984

Bom apetite!

Maria Sônia

Tilápia assada na folha de bananeira

Para preparar um prato memorável e delicioso, não é preciso necessariamente ingredientes caros e preparações complexas. Esse peixe assado é uma simplicidade só e fica maravilhoso, bem macio e saboroso. Aprenda essa receita rápida e aproveite!

Ingredientes:

2 tilápias de 800 g cada

1 limão

1 e ½ colher de sal grosso

3 colheres de azeite

½ colher de folhas frescas e picadas de manjericão roxo

A mesma quantidade de sálvia

A mesma quantidade de alecrim

1 folha de bananeira

Modo de preparo:

Corte grandes pedaços da folha de bananeira, coloque-os em um recipiente grande cuidadosamente para não racharem e cubra com água fervente para que as folhas fiquem maleáveis a fim de embrulhar o peixe. Descame os peixes, lave-os, abra e limpe bem por dentro, lave novamente. Coloque-os em um bowl e esfregue o suco de um limão, adicione o sal, esfregando por dentro e por fora do peixe. Cubra e deixe repousar por umas 2 horas. Pique ou amasse bem as folhas do manjericão, alecrim e sálvia, junte o azeite, misture e passe no peixe por dentro e por fora. Embrulhe cada peixe em um pedaço grande da folha de bananeira, de forma que dê para fechar bem. Arrume em forma e leve para assar em forno alto preaquecido por 30 minutos. Retire do forno e sirva quente.

   dsc08803   dsc08777

   dsc08779

Bom apetite!

Maria Sônia

Bolinhos de bacalhau com aipim

Quem não gosta de bolinho de bacalhau? Eu pessoalmente adoro! Aprenda a preparar uma deliciosa receita bem facinha.

Ingredientes:

1 kg de aipim/ mandioca cozida

500 g de bacalhau dessalgado desfiado

3 ovos

Pimenta do reino e noz-moscada a gosto

½ maço de cheiro verde bem picado

Farinha de rosca para empanar

Óleo para fritar

Modo de preparo:

Depois que dessalgar o bacalhau, seque-o bem em uma toalha de cozinha limpa e desfie bem fininho, reserve. Cozinhe o aipim/mandioca, depois de cozido, remova a fibra grossa do centro, em seguida, amasse para obter um purê, junte ao bacalhau e tempere com noz-moscada, pimenta do reino, cheiro verde bem picado e adicione as gemas (reserve as claras para empanar). Misture bem, faça bolinhos no tamanho desejado, passe nas claras e na farinha de rosca. Frite em óleo quente até que estejam dourados, retire com o auxílio de uma escumadeira e coloque sobre papel toalha. Sirva quente.

Dicas:

Antes de moldar os bolinhos, verifique o sal, pois, caso o bacalhau esteja bem dessalgado, será necessário adicionar um pouco.

   dsc08721   dsc08724

Experimente!

Maria Sônia

Bacalhau na cerveja

Bacalhau faz parte da tradição de Páscoa, não pode faltar no centro da mesa com a família reunida para partilhar o almoço, os chocolates e principalmente os momentos e a alegria! Aproveite essa receita prática, rápida e surpreendente!

Ingredientes:

500 g de lombo de bacalhau em postas dessalgado

6 batatas médias pré-cozidas, sem casca e em rodelas

200 ml de cerveja clara

3 tomates não muito maduros, sem pele e sem sementes, em rodelas

1 cebola média cortada em meia lua

1 pimentão pequeno sem as sementes, em rodelas

Folhas frescas de alecrim picadas

4 colheres de sopa de azeite extra virgem

Alcaparras a gosto (opcional)

Modo de preparo:

Em um refratário arrume o bacalhau intercalando-o em camadas com batatas, tomates, cebola e  pimentão. Regue com a cerveja e salpique o alecrim, leve ao forno alto preaquecido por 20 minutos, retire do forno, regue com o azeite e disponha as alcaparras se desejar. Sirva quente.

   dsc08688

Feliz Páscoa!

Maria Sônia

Filé de porquinho frito

Peixe frito é uma delícia! O porquinho é um tipo de carne firme, suave e saborosa. Empanado com farinha de arroz fica bem sequinho, um espetáculo! O preparo é bem simples. Acompanhe o passo a passo rápido e delicie-se!

Ingredientes:

8 filés de peixe porquinho limpos e sem a pele

Suco de um limão

½ colher de chá de sal

¾ de xícara de farinha de arroz

1 colher de chá de caldo de legumes em pó ou outro tempero pronto para peixes

Noz-moscada ralada e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

Esfregue os filés no suco de limão, aperte-os com as mãos para remover o excesso do suco, tempere com o sal e deixe descansar por 20 minutos. Em um bowl, junte a farinha de arroz e tempere com o caldo de legumes, a noz-moscada e a pimenta do reino, misture bem, passe os filés de um a um de ambos os lados. Frite no óleo quente até começar a dourar.

Dicas:

Você irá precisar de uma faquinha bem afiada para cortar os filés, caso não o adquira pronto.

   dsc08053

   dsc08058

Espero que goste!

Maria Sônia

Fundo de peixe

Muitas pessoas não gostam de consumir a cabeça do peixe, mas ao descartá-la, estamos desperdiçando muita matéria prima, pois, em peixes grandes como namorado, pintado e outros desse porte, a cabeça chega a pesar em torno de 1 kg. Com essa receita você irá usar com capricho as cabeças dos peixes, sem desperdício!

Ingredientes:

500 g de cabeça de peixe

1 e ½ litro de água

1 folha de louro

1 cebola média

2 dentes de alho

Pimenta do reino em grão

1 cravo da índia

1 pimenta dedo de moça semas sementes (opcional)

½ talo de salsão

3 ramos de salsinha inteiros

Modo de preparo:

Limpe e corte em pedaços a cabeça do peixe, coloque os pedaços em uma panela e junte todos os outros ingredientes (higienizados e com casca mesmo, pode cortar a cebola em pedaços grandes). Leve ao fogo baixo por uns 25 minutos sem deixar ferver. Passado o tempo, coe o caldo em uma peneira sobre um bowl. Volte o caldo para a panela e tempere com sal a gosto. Sirva quente.

Dicas:

Esse fundo é perfeito para preparar risoto, sopas ou um delicioso pirão.

   dsc08149   dsc08143

Aproveite e reaproveite!

Maria Sônia

 

Croquete de sardinha

Esta receita é rápida e fácil, ótima opção de prato coringa que serve de entrada ou acompanhamento. Experimente!

Ingredientes:

8 sardinhas pequenas em conserva ou escabeche (https://mariamestrecuca.wordpress.com/2013/07/03/sardinha-a-escabeche/)

4 colheres de sopa do caldo da conserva ou do molho escabeche

1 xícara de chá de farinha de trigo

1 cebola média picada

½ maço de cheiro verde picado

½ pimentão sem pele picado (https://mariamestrecuca.wordpress.com/2014/01/21/pimentao-assado/comment-page-1/)

1 clara misturada a uma colher de sopa de água

Farinha de rosca para empanar

Alecrim, noz-moscada, pimenta do reino moída e sal a gosto

Óleo para fritar

Modo de preparo:

Amasse as sardinhas com auxílio de um garfo, coloque-as em uma panela e junte o caldo/molho da sardinha, a cebola, o pimentão e os temperos. Leve ao fogo mexendo sem parar até que esteja bem refogado. Adicione a farinha aos poucos continuando a mexer e cozinhe até que desgrude do fundo da panela. Retire do fogo e deixe esfriar um pouco. Molde os croquetes com pequenas porções da massa, em seguida, passe-os na clara misturada com a colher de sopa de água e levemente batida e na farinha de rosca. Frite em óleo quente até que esteja dourados, retire com o auxílio de uma escumadeira e coloque-os sobre papel toalha. Sirva a seguir.

Dicas:

É importante usar só a clara do ovo quando vamos empanar algo para fritar, pois, quando usamos o ovo inteiro, a fritura absorve mais gordura.

   DSC07843   DSC07845

 Crocante por fora e macio por dentro!

Maria Sônia

Peixe fidalgo frito

Este peixe de água doce, de carne branca e deliciosa, é ótimo para prepararmos de qualquer forma: assado, ao molho, frito. Bom também para preparar ceviche. Experimente!

Ingredientes:

1 peixe fidalgo de 2 kg

1 limão

2 dentes de alho

1 colher de sobremesa de folhas de alecrim fresco

2 colheres de sobremesa de sal

1 e ½ xícara de farinha de arroz ou de trigo

½ litro de óleo para fritar

Modo de preparo:

Limpe e lave o peixe, corte-o em postas ou pedaços e reserve. Bata no liquidificador o suco do limão com o sal, o alecrim e o alho, esfregue o molho obtido nas postas de peixe e deixe repousar por 1 hora. Em seguida, passe o peixe na farinha e frite em óleo bem quente até dourar.

Dicas:

Esse peixe tem a espinha central bastante dura, para cortar as postas procure encontrar o ponto entre as vertebras.

   DSC06509   DSC06439

Muito saboroso!

Maria Sônia