Frango com quirera

Uma receita com cara de caipira, pra comer com calma, apreciando cada nuance de sabor. Econômica e fácil de preparar, aproveite!

Ingredientes:

1 frango de 2 kg

1 limão

2 litros de água fervente

1 e ½ colher de sopa de sal grosso

1 colher de sopa de vinagre

½ colher de sopa de colorau

2 dentes grandes de alho

¼ de colher de sopa de cominho

A mesma medida de hortelã

½ maço de coentro e cebolinha fresca

200 g de quirera

1 cebola média

2 colheres de sopa de óleo

1,3 litro de água

Modo de preparo:

Coloque a quirera de molho de um dia para o outro. No dia seguinte, escorra a água e reserve. Leve ao fogo uma panela de pressão com o óleo e refogue a cebola bem picadinha sem deixá-la dourar. Junte a quirera reservada e refogue mais um pouco, sempre mexendo. Adicione 1,3 litro de água e deixe ferver, quando ferver, reduza o fogo, tampe a panela e cozinhe em fogo baixo por 25 minutos, desligue o fogo e mantenha na panela até a hora em que for adicionar a carne.

Enquanto isso, limpe e corte o frango em pedaços colocando-os em uma vasilha grande. Adicione suco de um limão e despeje 2 litros de água fervente, mexa e escorra a água. Coloque o frango em uma panela grande e tempere com todos os condimentos, exceto o cheiro verde, mexa, tampe a panela e deixe repousar por 30 minutos. Passado o tempo, leve ao fogo baixo e cozinhe até que a carne esteja macia. Junte a quirera reservada, o coentro e a cebolinha bem picadinhos, mexa, deixe ferver e sirva em seguida.

Dicas:

O frango usado para essa receita pode ser inteiro ou coxa e sobrecoxa.

   dsc08836   dsc08842

Bom apetite!

Maria Sônia

Feijão mulatinho

Não fico sem feijão, mas não gosto de cair na rotina. É bom variar, não é? Inove e experimente preparar o feijão mulatinho com carne seca e paio, fica delicioso!

Ingredientes:

500 kg de feijão mulatinho

1 e ½ litro de água para a cocção

3 paios

300 g de carne seca dessalgada

200 g de tripa de porco

2 folhas de louro

3 dentes de alho

½ maço de coentro fresco

Modo de preparo:

Lave o feijão e deixe-o de molho em água suficiente para cobrir por 12 horas. Em outro bowl, faça o mesmo com a carne já cortada em pedaços, trocando a água várias vezes. Passado o tempo, escorra o feijão dispensando a água e coloque-o em uma panela de pressão com capacidade para 7 litros. Adicione a carne já dessalgada e sem a água do molho, o paio cortado em rodelas não muito finas, as tripas cortadas em pedaços pequenos, as folhas de louro e a água. Leve a panela ao fogo alto, quando ferver, reduza o fogo, tampe a panela e cozinhe por 25 minutos após a panela pegar pressão. Passado o tempo, desligue o fogo e deixe a panela sobre o fogão, espere a pressão sair naturalmente. Levante o pino da panela e verifique se ainda tem pressão, destampe a panela e verifique se está tudo cozido, se estiver, volte a panela ao fogo sem tampar, adicione o alho amassado, o coentro bem picado e deixe ferver por uns 5 minutos. Retire do fogo e sirva e seguida.

Dicas:

O feijão mulatinho é um feijão apropriado para ser preparado dessa forma mais demorada, deixando-o muito mais saboroso, perfeito para ser servido com cuscuz à moda nordestina ou com xerém/ quirera, que mesmo sendo um prato típico da culinária portuguesa, combina muito bem com essa receita de feijão.

dsc08651

Aproveite!  

Maria Sônia

Creme de grão-de-bico

Em noites frias, nada melhor do que uma sopa ou creme de legumes para esquentar e aconchegar. Rico em proteínas e nutrientes, o grão-de-bico é um alimento completo, o creme feito dele é nutritivo e saboroso!

Ingredientes:

250 g de grão-de-bico

3 batatas

2 cenouras

2 tomates grandes concassé (sem pele e sem sementes)

100 g de macarrão para sopa (opcional)

1 cebola grande

2 dentes grandes de alho

3 colheres de sopa de óleo

Sal, pimenta e noz-moscada ralada a gosto

Modo de preparo:

Deixe o grão-de-bico de molho de um dia para o outro. No dia seguinte, descarte a água, coloque os grãos em uma panela de pressão e coloque água suficiente para cobri-los, leve a panela ao fogo, quando ferver, reduza o fogo para baixíssimo como se fosse desligá-lo, tampe a panela e deixe cozinhar por 10 minutos após a panela pegar pressão. Depois de cozido, deixe esfriar, bata no liquidificador e reserve. Leve ao fogo uma panela com o óleo e o alho, refogue sem deixar dourar, adicione a cebola picada e refogue mais um pouco. Adicione as batatas e a cenoura picadinhas, o macarrão  e o grão-de-bico reservado. Cozinhe em fogo baixo até que os legumes estejam macios, tempere com o sal e os condimentos, retire do fogo e sirva quente.

Dicas:

  • É importante que o fogo esteja baixíssimo quando for cozinhar o grão-de-bico na panela de pressão porque ele costuma criar muita espuma, o que pode entupir o pino da panela, impedindo que a pressão saia, causando acidentes. Um truque é adicionar um pouquinho de óleo e esperar ferver para certificar de que o caldo não está subindo, isso antes de fechar a panela.
  • Você pode levar o creme ao forno com queijo ralado para gratinar, deixando-o ainda mais gostoso!

   dsc08402

Bom apetite!

Maria Sônia

Macarrão primavera fácil

É simples variar pratos e conseguir diversificar o cardápio do dia a dia. Esta receita é flexível e pode ser modificada a seu gosto e de acordo com a disponibilidade de ingredientes de sua despensa. Agrada a todos e é de rápido preparo. Experimente essa versão de macarrão primavera!

Ingredientes:

300 g de macarrão cozido al dente

200 g de ervilhas frescas ou congeladas

2 cenouras médias

150 g de presunto sem capa

150 g de muçarela

1 cebola média

2 dentes de alho

1 colher de sopa de óleo

2 colheres de sopa azeite

Orégano, manjericão, noz-moscada e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

Cozinhe o macarrão como de costume, mas, deixando-o bem al dente, escorra e reserve. Leve ao fogo uma outra panela com o óleo, a cebola cortada em meia lua e o alho bem picadinho, refogue sem deixar dourar. Adicione as ervilhas e as cenouras em lascas feitas com o descascador de legumes e refogue por uns 5 minutos em fogo baixo. Em seguida, adicione o presunto fatiado em fatias finas e os condimentos, mexa e retire do fogo, junte o macarrão reservado e o azeite, misture bem, corrija o sal. Adicione a muçarela e sirva quente ou morno.

Dicas:

É possível substituir o presunto por atum em posta. Caso use o óleo do atum, dispense o azeite.

   dsc08044   dsc08040

Fácil e delicioso!

Maria Sônia

Pamonha salgada

Fazer pamonha na palha de milho pode requerer muito tempo e habilidade, por isso, as versões de panela me agradam mais e são tanto quanto deliciosas. Esta receita é salgada e leva linguiça, fica realmente gostosa! Experimente!

Ingredientes:

8 espigas de milho médias

400 ml de água

3 linguiças calabresa

1 cebola média

2 dentes grandes de alho

2 colheres de sopa de cheiro verde fresco

Pimenta do reino e noz-moscada ralada a gosto

½ xícara de queijo ralado

Sal a gosto (opcional)

Modo de preparo:

Descasque o milho e retire os grãos com uma faca afiada. Feito isso, divida o milho em duas porções iguais, coloque uma porção no copo do liquidificador, adicione a água, bata e peneire sobre um bowl. Volte o líquido obtido de volta no copo do liquidificado e bata o restante do milho, despeje em um bowl, dessa vez sem peneirar e reserve. Pique a linguiça, coloque em uma frigideira junto com o óleo, o alho e a cebola bem picados e refogue sem deixar dourar, retire do fogo e deixe esfriar um pouco. Adicione ao milho batido, junte o restante dos condimentos e misture. Disponha a pamonha em uma forma untada com manteiga ou margarina e polvilhada com fubá. Coloque a forma dentro de outra forma maior contendo 500 ml de água fervente, leve para assar nesse banho-maria em forno alto por aproximadamente 40 minutos ou até que fazendo o teste do palito, ele saia limpo. Salpique o queijo ralado e mantenha no fogo até que o queijo derreta. Retire do forno e sirva quente ou morna.

Dicas:

O milho tem que estar maduro mas, não pode estar com os grãos duros.

   dsc08409   dsc08404

Uma de-lí-ci-a!

Maria Sônia

Tender com massa folhada ao molho de cereja

É tradicional envolver bife bovino (bife Wellington) ou peixe (Coulibiac) em massa folhada, inove seu tender neste Natal usando esta técnica de preparo que enriquecerá seu prato sem maiores gastos ou dificuldades de preparo! Espero que aprove!

Ingredientes:

1 tender de 1,5 kg

Cerejas frescas (10 para o molho e algumas para decoração)

50 ml de conhaque

1 colher de sopa de pasta ou molho de mostarda

1 colher de chá de gengibre ralado

Pimenta do reino moída a gosto

Raspas de ½ laranja

400 g de massa folhada (usei Arosa)

2 colheres de sopa de café misturadas com 1 colher de sopa de leite ou uma gema (para pincelar)

Modo de preparo:

Reserve o tender, a massa folhada, a mistura para pincelar e algumas cerejas para decorar. Bata todos os outros ingredientes no liquidificador para obter um molho. Coloque o tender em um bowl, despeje por cima o molho adquirido, cubra o bowl com um plástico e guarde na geladeira por 24 horas, virando o tender várias vezes para que todas as partes fiquem em contato com o molho. Passado o tempo, retire o tender da geladeira (reservando o restante do molho) embrulhe-o em papel alumínio e leve-o ao forno alto preaquecido por 20 minutos. Retire do forno, desembrulhe e deixe esfriar por 30 minutos. Abra a massa seguindo as instruções da embalagem, no tamanho aproximado de 30 x 40 cm. Para a decoração de porquinho, utilize as rebarbas da massa: corte 2 pequenos triângulos para as orelhas, um pequeno círculo para o focinho e uma tira de massa para o rabo. Coloque o tender no centro da massa e feche dobrando a massa como um embrulho para presente, faça 2 pequenos furos na massa abaixo das dobras para sair o vapor. Pincele com um pouco de água os triângulos, o círculo e a tira e grude-os sem apertar para formar o rosto e o rabo do porquinho. Para fazer os olhos, use cravo, pimenta do reino etc. Pincele por completo com a mistura para pincelar, leve para assar em forno preaquecido a 180° graus até que a massa esteja dourada, retire do forno, reserve por 20 minutos e fatie-o. Adicione uma colher de chá de maisena ao molho que reservou e leve-o ao fogo mexendo sempre até engrossar. Sirva quente acompanhado de farofa, arroz ou do que desejar.

   dsc08463   dsc08466

   dsc08478   dsc08492

Feliz Natal!

Maria Sônia

Feijão verde com toucinho

O feijão é um grão sempre presente na mesa dos brasileiros, não se prenda apenas às variedades mais conhecidas como o feijão preto e o carioca, explore a grande diversidade de tipos e também experimente às vezes adicionar carnes à sua preparação. A seguir, aprenda uma deliciosa receita de feijão verde com carne de porco que é de comer rezando. Espero que goste!

Ingredientes:

1 kg de feijão verde (feijão de arranca)

500 g de toucinho como para torresmo à pururuca (com pouca gordura)

600 ml de água

3 dentes de alho

1 colher de sopa de óleo

1 colher de sobremesa de páprica

1 colher de sobremesa de sal

Coentro, cebolinha e pimenta dedo de moça a gosto

Modo de preparo:

Lave o toucinho, corte em pedaços pequenos e cozinhe em uma panela de pressão com os 600 ml de água por 20 minutos. Deixe a pressão sair naturalmente, abra a panela e adicione o feijão, feche a panela e cozinhe por mais 10 minutos. À parte, refogue o alho com a colher de sopa de óleo, adicione ao feijão, junte a páprica, o sal e o restante dos condimentos, deixe ferver. Está pronto!

Dicas:

A expressão “feijão de arranca” designa os tipos de feijões que são colhidos do solo com as raízes. Diferentemente dos feijões de rama e dos arbustivos. Para a nossa sorte, é numerosa a sua variedade.

   dsc01705   dsc01691

Que sabor!

Maria Sônia

Fritada de inhame com bacon e folha de figo

A folha de figo adicionada nessa receita deixa-a com sabor e aroma únicos! Simplesmente deliciosa, essa fritada de inhame fica como um nhoque frito só que sem o trabalho de moldar as pequenas porções. Caso goste de inhame, não deixe de experimentar!

Ingredientes:

1 kg de inhame

1 xícara de farinha de arroz

200 g de bacon

1 folha de figo seca (opcional)

Noz-moscada ralada e pimenta do reino moída na hora

Modo de preparo:

Descasque o inhame, corte-o em pequenos pedaços, lave e coloque-os em uma panela com água o suficiente para cobrir por completo. Leve ao fogo, quando ferver, reduza o fogo para que a água não derrame por causa da espuma que se forma. Cozinhe até que esteja macio e escorra sobre uma peneira dispensando a água, deixe na peneira por uns minutos para que não reste acúmulo de água. Em seguida, coloque o inhame em um bowl e amasse-o, junte a farinha de arroz, a folha de figo macerada, a noz-moscada, a pimenta e misture bem, reserve. Corte o bacon em pequenos pedaços, disponha metade do bacon em uma frigideira antiaderente e coloque em seguida o purê de inhame reservado, arrume o restante do bacon por cima, asse em fogo baixo de ambos os lados até que esteja dourado. Sirva quente.

   dsc01623   dsc01615

dsc01619

Delicioso sabor! 

Maria Sônia

 

Pimentão recheado com carne de soja

Adoro pimentão recheado com carne moída e resolvi testar uma versão vegetariana dessa receita, utilizando a proteína texturizada de soja (PTS) ou carne de soja como é mais conhecida para substituir a carne bovina. Ficou uma delícia, ainda mais porque usei o pimentão roxo, de sabor suave, que combinou perfeitamente com o recheio! Aproveite!

Ingredientes:

4 pimentões roxos (ou da cor que preferir)

¾ de xícara de carne de soja moída

1 cebola média

1 dente de alho grande

3 colheres de sopa de azeite

1 colher de chá rasada de sal

Cheiro verde e pimenta do reino moída na hora a gosto

1 xícara de molho de tomate bem concentrado

½ xícara de queijo ralado na hora

Modo de preparo:

Hidrate a carne da soja por 1 hora trocando a água por 3 vezes. Após a última água, aperte a proteína entre as mãos para remover todo o excesso da água e coloque-a em um bowl, adicione todos os outros ingredientes, exceto o queijo, o pimentão e o molho de tomate, misture e reserve. Lave os pimentões, corte uma “tampa” em cada um deles onde se encontra o talo, remova as sementes com o auxílio de uma colher, tomando cuidado para não furar o pimentão, recheie com a carne reservada, polvilhe com o queijo, cubra com as tampas e acomode-os em uma panelinha, adicione o molho de tomate e cozinhe por uns 15 minutos. Retire do fogo e sirva quente.

Dicas:

O pimentão roxo é de sabor mais suave, carne mais fina e bem saborosa, ideal para rechear. Diferente das outras cores, não causa a sensação de indigestão que faz com que certas pessoas evitem o seu consumo. Para evitar esse incômodo pode-se assá-los, já que a pele é a responsável pela dificuldade de digestão (veja aqui a receita de pimentão assado: https://mariamestrecuca.wordpress.com/2014/01/21/pimentao-assado/).

   dsc01715   dsc01701

   dsc01689   dsc01686

Maravilhoso!

Maria Sônia

Bife de pernil suíno ao molho de laranja

O bife de pernil é uma carne leve, sem gordura e de sabor delicado se bem preparada, por isso é importante que se use condimentos e especiarias de forma equilibrada de modo a extrair o ápice de sabor, aroma e cor desse corte. Bom apetite!

Ingredientes:

1 kg de bifes de pernil

1 colher de sopa de folhinhas frescas de alecrim

1 colher de chá de sal

1 colher de sopa de óleo

1 xícara de suco de laranja

1 colher de sopa de açúcar de coco

1 pedaço de gengibre fresco

1 e ½ colher de sopa de farinha de trigo

4 cebolas médias (opcional)

Modo de preparo:

Macere as folhinhas de alecrim com o sal, em seguida, passe a mistura obtida nos bifes, de ambos os lados, e deixe-os descansar por 20 minutos. Passado o tempo indicado, leve ao fogo uma caçarola com o óleo e deixe aquecer, doure os bifes aos poucos de ambos os lados, retirando-os da caçarola e reservando-os em um prato. Terminado esse processo, coloque-os de volta à caçarola, adicione o suco de laranja, o gengibre e o açúcar, reduza o fogo e cozinhe por 25 minutos, adicione as cebolas descascadas e inteiras, continue cozinhando até que a carne e as cebolas estejam macias. Com o auxílio de uma escumadeira, retire os bifes e as cebolas da caçarola e arrume-os em um refratário aquecido, dissolva a farinha de trigo em 4 colheres de sopa de água, junte ao molho da carne que ficou na caçarola, leve ao fogo para reduzir esse caldo, mexendo sempre, para formar um molho grosso, regue os bifes e sirva em seguida.

Dicas:

Se caso durante o cozimento todo o molho da carne tiver secado, não faz mal, é só você dissolver a farinha na água, adicionar mais ½ xícara de suco de laranja e proceder como indicado.Raspe o gengibre, removendo a “pele” antes de adicioná-lo à carne. Servi com purê de batata doce roxa.

   dsc01495   dsc01498

Sabor inesquecível!

Maria Sônia