Bolachinhas com farinha de jatobá

Essa é uma receita que sempre quis compartilhar com vocês, já que ela leva a farinha obtida das vagens do jatobá, que poucas pessoas conhecem ou sabem que é comestível. Agora que tive a oportunidade de ganhar muitos jatobás vindo do nordeste, mais especificamente de Pernambuco, me sinto feliz por poder dividir essa experiência, esperando assim ajudar a divulgar a importância do aproveitamento das riquezas que a mãe natureza nos dá. Essa farinha é rica em muitos minerais e vitaminas como fósforo, ferro, vitaminas do complexo B, niacina. Além disso é fonte de energia e fibras.

Ingredientes:

1 xícara de farinha de jatobá

2 e ½ xícara de farinha de trigo

1 xícara de açúcar

1 xícara de amido de milho (maisena)

1 colher de sopa de fermento em pó

1 pitada de sal

100 g de margarina em temperatura ambiente

100 ml de creme de leite sem soro

½ xícara de leite

Modo de preparo:

Em um bowl, junte todos os ingredientes secos, misture bem, adicione a margarina, o creme de leite e o leite e amasse com a mão sem sovar, faça uma bola com a massa e guarde-a na geladeira por 30 minutos. Retire a massa da geladeira e abra-a em uma superfície seca e enfarinhada com um pouco de farinha de trigo. Corte com um cortador de biscoitos no formato desejado ou pegue pequenas porções da massa, torça e faça rosquinhas, colocando-as em uma forma untada com um pouco de margarina.

   dsc086021

Dádiva da natureza!

Maria Sônia

Feijão mulatinho

Não fico sem feijão, mas não gosto de cair na rotina. É bom variar, não é? Inove e experimente preparar o feijão mulatinho com carne seca e paio, fica delicioso!

Ingredientes:

500 kg de feijão mulatinho

1 e ½ litro de água para a cocção

3 paios

300 g de carne seca dessalgada

200 g de tripa de porco

2 folhas de louro

3 dentes de alho

½ maço de coentro fresco

Modo de preparo:

Lave o feijão e deixe-o de molho em água suficiente para cobrir por 12 horas. Em outro bowl, faça o mesmo com a carne já cortada em pedaços, trocando a água várias vezes. Passado o tempo, escorra o feijão dispensando a água e coloque-o em uma panela de pressão com capacidade para 7 litros. Adicione a carne já dessalgada e sem a água do molho, o paio cortado em rodelas não muito finas, as tripas cortadas em pedaços pequenos, as folhas de louro e a água. Leve a panela ao fogo alto, quando ferver, reduza o fogo, tampe a panela e cozinhe por 25 minutos após a panela pegar pressão. Passado o tempo, desligue o fogo e deixe a panela sobre o fogão, espere a pressão sair naturalmente. Levante o pino da panela e verifique se ainda tem pressão, destampe a panela e verifique se está tudo cozido, se estiver, volte a panela ao fogo sem tampar, adicione o alho amassado, o coentro bem picado e deixe ferver por uns 5 minutos. Retire do fogo e sirva e seguida.

Dicas:

O feijão mulatinho é um feijão apropriado para ser preparado dessa forma mais demorada, deixando-o muito mais saboroso, perfeito para ser servido com cuscuz à moda nordestina ou com xerém/ quirera, que mesmo sendo um prato típico da culinária portuguesa, combina muito bem com essa receita de feijão.

dsc08651

Aproveite!  

Maria Sônia

Trufas de coco

Páscoa sem chocolate não é Páscoa! Mas os preços dos ovos, tabletes e bombons de chocolate estão altos e está difícil presentear a todos com essas delícias. A solução é fazer em casa, com muito carinho e matéria prima de qualidade, trufas para toda a família e amigos! Aprenda a seguir uma receita maravilhosa de trufa de coco!

Ingredientes:

500 g de chocolate branco

1 lata de creme de leite sem o soro

2 xícaras de coco fresco

300 g de chocolate meio amargo

Modo de preparo:

Raspe ou rale o coco, coloque em uma forma de alumínio, leve ao forno médio preaquecido, até que esteja dourado. Mexa umas 2 vezes, enquanto estiver no forno para evitar que queime. Retire do forno, reserve e deixe esfriar antes de adicionar à trufa.

Pique o chocolate branco, coloque em um bowl, de preferência de inox. Junte o creme de leite e leve ao banho-maria, que já deve estar aquecido e fora do fogo. Mantenha o bowl no banho-maria até que o chocolate esteja derretido, quando derretido, retire o bowl do banho, coloque-o sobre mesa e, com o auxílio de um pão duro, mexa até obter um creme. Adicione o coco, mexa novamente, despeje a trufa em uma vasilha de louça, cubra com papel filme, encostando o plástico na trufa de forma a não deixar bolhas de ar, para não acumular vapor. Mantenha na geladeira até que esteja fria o suficiente para rechear trufas ou ovos de páscoa. Pode guardar essa trufa por até 1 semana na geladeira.

Para as casquinhas das trufas, prepare o chocolate meio amargo como na receita de trufas de maracujá (https://mariamestrecuca.wordpress.com/2015/04/02/trufa-de-maracuja/).

Dicas:

Caso guarde a trufa na geladeira por 1 semana, retire-a 1 hora antes de usá-la como recheio.

   DSC08716    DSC08718

Feliz Páscoa!

Maria Sônia

Bacalhau na cerveja

Bacalhau faz parte da tradição de Páscoa, não pode faltar no centro da mesa com a família reunida para partilhar o almoço, os chocolates e principalmente os momentos e a alegria! Aproveite essa receita prática, rápida e surpreendente!

Ingredientes:

500 g de lombo de bacalhau em postas dessalgado

6 batatas médias pré-cozidas, sem casca e em rodelas

200 ml de cerveja clara

3 tomates não muito maduros, sem pele e sem sementes, em rodelas

1 cebola média cortada em meia lua

1 pimentão pequeno sem as sementes, em rodelas

Folhas frescas de alecrim picadas

4 colheres de sopa de azeite extra virgem

Alcaparras a gosto (opcional)

Modo de preparo:

Em um refratário arrume o bacalhau intercalando-o em camadas com batatas, tomates, cebola e  pimentão. Regue com a cerveja e salpique o alecrim, leve ao forno alto preaquecido por 20 minutos, retire do forno, regue com o azeite e disponha as alcaparras se desejar. Sirva quente.

   dsc08688

Feliz Páscoa!

Maria Sônia

Bolo trufado vegano

É possível preparar um delicioso bolo completo- com recheio e cobertura- totalmente isento de ingredientes de origem animal, isto é, vegano. Este é de chocolate, recheado de trufa de nozes e coberto com chantilly de chocolate! Ficou de comer rezando, tenho certeza de que você irá gostar!

Massa

Ingredientes:

2 xícaras de farinha de trigo

¾ de xícara de chocolate em pó 50% cacau

1 e ¼ de xícara de açúcar refinando

1 colher de sopa de fermento em pó

2 colheres de chá de lecitina de soja

50 g de margarina (Delícia de canola)

150 ml de água fervente

1 xícara de refrigerante de guaraná (para umedecer o bolo)

Modo de preparo:

Sobre um bowl peneire a farinha junto com o chocolate e o fermento, reserve. Bata no bowl da batedeira o açúcar com a margarina e a lecitina até obter um creme, adicione a farinha reservada e, misturando com um pão duro, adicione a água fervente. Acomode a massa em uma forma untada com margarina e polvilhada com farinha de trigo, leve para assar em forno preaquecido 180º por aproximadamente, 35 minutos ou faça o teste com o palito para ver se o bolo estar assado por completo.

Recheio de trufa

Ingredientes:

500 g de chocolate meio amargo

2 colheres de sopa de bebida alcoólica de sua preferência como conhaque ou rum (opcional)

300 g de creme de leite de soja (Soymilke)

1 xícara de nozes trituradas ou batidas rapidamente no liquidificador (opcional)

Modo de preparo:

Coloque o chocolate picado em um bowl, adicione o creme de leite e a bebida, leve ao fogo em banho-maria até que o chocolate derreta, retire o bowl do banho-maria e adicione as nozes.

Cobertura

Ingredientes:

200 ml de chantilly Amélia (1 caixinha)

¾ de xícara de chocolate em pó 50% cacau

Modo de preparo:

No bowl da batedeira misture o chantilly com o chocolate e misture, ligue a batedeira e bata até que o chantilly faça picos, reduza a velocidade e bata por um mais 1 minuto para remover as bolhinhas de ar.

Montagem:

Abra o bolo ao meio, regue com o guaraná, distribua a trufa, sobreponha a outra metade do bolo e umedeça-a, finalize com o chantilly, finalize com as cerejas se desejar.

Dicas:

Essa receita é uma ótima sugestão para ser preparada como sobremesa natalina, já que contém elementos que remetem à essa época, como as nozes e as cerejas.

   dsc08366   dsc08362

Perfeito!

Maria Sônia

Pão integral com amaranto

A farinha de amaranto possui grande quantidade de proteína, o que a torna alimento ideal para as pessoas em processo de emagrecimento ou de ganho de massa muscular, além de fazer com que ela ajude na saciedade, diminuindo a sensação de fome; sua absorção no intestino é lenta, característica que evita picos de glicose no sangue e mantém a glicemia em níveis adequados; e possui quantidade significativa de ferro e cálcio, minerais importantes para a saúde dos ossos. Aprenda a seguir uma receita de pão integral que leva essa super farinha em sua composição. Esse pão é uma delícia, prove!

Ingredientes:

1 xícara de farinha integral

1 xícara de aveia laminada

1 xícara de farinha de amaranto

1 envelope de fermento biológico seco

2 colheres de sopa de açúcar mascavo

1 colher de sopa de sal

600 ml de água

3 colheres de sopa de óleo

½ colher de sopa de lecitina de soja ou 1 ovo

5 xícaras de farinha de trigo comum

½ xícara de farinha comum para moldar os pães

Modo de preparo:

Em um bowl grande junte os 6 primeiros ingredientes, misture e adicione a água morna mexendo com uma espátula, cubra o bowl e deixe descansar 25 minutos. Passado o tempo, adicione o óleo, a lecitina (ou o ovo), misture bem e vá adicionando aos poucos as 5 xícaras de farinha branca, sove a massa (se necessário, polvilhe as mãos com um pouco de farinha). Faça uma bola com a massa, cubra o bowl e deixe descansar por mais 20 minutos. Depois, divida a massa em 2 porções, molde os pães em uma superfície seca e polvilhada com farinha, acomode-os em formas médias para pão de forma untadas com margarina, cubra as formas com um plástico e deixe os pães crescerem de 30 a 40 minutos, dependendo da temperatura ambiente. Asse os pães em forno médio preaquecido até que estejam dourados.

Dicas:

Caso você não encontre farinha de amaranto, substitua-o por farelo de trigo.

   dsc08580

Aproveite!

Maria Sônia

Esfihas com carne de jaca

Muita gente ainda se assusta com a ideia de usar a jaca como substituinte para a carne, mas a carne de jaca verde tem conquistado admiradores e surpreendido pela versatilidade. A coxinha de jaca verde ficou conhecida. Que tal provar a esfiha? Você não vai se arrepender!

Massa

Ingredientes:

1 kg e uma xícara de farinha

1 xícara de farinha para abrir a massa

2 e ½ xícara de água

¾ de xícara de óleo

2 colheres de sopa de açúcar

1 colher de sopa de sal

1 envelope de fermento biológico seco

1 colher de sopa molho shoyu misturado com 1 colher de sopa de água para pincelar

Modo de preparo:

Amorne a água e coloque-a em um bowl, junte o óleo, o fermento, o açúcar, o sal e mexa para dissolver o fermento. Adicione 1 kg de farinha aos poucos mexendo com uma espátula, dispense a espátula e amasse a massa com a mão, quando a massa estiver lisa e não grudando mais na mão, divida a massa em 20 porções iguais, abra cada porção num formato redondo sobre uma superfície seca enfarinhando com a xícara de farinha, coloque o recheio e feche as esfihas. Coloque-as em uma forma untada com margarina, cubra a forma com um plástico e deixe descansar por 20 minutos. Pincele com a mistura de shoyu com água e leve para assar em forno médio preaquecido até dourarem. Sirva quente ou em temperatura ambiente.

Recheio

1 receita de recheio de jaca verde desfiada como para coxinha (https://mariamestrecuca.wordpress.com/2015/02/11/coxinhas-de-jaca/)

½ xícara de azeitonas verdes picadas

Modo de preparo:

Adicione as azeitonas à carne de jaca e utilize para rechear as esfihas.

   dsc08564   dsc08559

Uma delícia sem igual!

Maria Sônia

Creme de grão-de-bico

Em noites frias, nada melhor do que uma sopa ou creme de legumes para esquentar e aconchegar. Rico em proteínas e nutrientes, o grão-de-bico é um alimento completo, o creme feito dele é nutritivo e saboroso!

Ingredientes:

250 g de grão-de-bico

3 batatas

2 cenouras

2 tomates grandes concassé (sem pele e sem sementes)

100 g de macarrão para sopa (opcional)

1 cebola grande

2 dentes grandes de alho

3 colheres de sopa de óleo

Sal, pimenta e noz-moscada ralada a gosto

Modo de preparo:

Deixe o grão-de-bico de molho de um dia para o outro. No dia seguinte, descarte a água, coloque os grãos em uma panela de pressão e coloque água suficiente para cobri-los, leve a panela ao fogo, quando ferver, reduza o fogo para baixíssimo como se fosse desligá-lo, tampe a panela e deixe cozinhar por 10 minutos após a panela pegar pressão. Depois de cozido, deixe esfriar, bata no liquidificador e reserve. Leve ao fogo uma panela com o óleo e o alho, refogue sem deixar dourar, adicione a cebola picada e refogue mais um pouco. Adicione as batatas e a cenoura picadinhas, o macarrão  e o grão-de-bico reservado. Cozinhe em fogo baixo até que os legumes estejam macios, tempere com o sal e os condimentos, retire do fogo e sirva quente.

Dicas:

  • É importante que o fogo esteja baixíssimo quando for cozinhar o grão-de-bico na panela de pressão porque ele costuma criar muita espuma, o que pode entupir o pino da panela, impedindo que a pressão saia, causando acidentes. Um truque é adicionar um pouquinho de óleo e esperar ferver para certificar de que o caldo não está subindo, isso antes de fechar a panela.
  • Você pode levar o creme ao forno com queijo ralado para gratinar, deixando-o ainda mais gostoso!

   dsc08402

Bom apetite!

Maria Sônia

Pipoca doce com chocolate

Quem não gosta de assistir a um filme ou a uma série comendo uma bacia enorme de pipoca? Não tem nada melhor, não é? A pipoca doce está ultimamente em destaque com várias marcas disponibilizando opções industrializadas no mercado. Mas, ainda prefiro a quentinha feita em casa. Aprenda a seguir a receita fácil e deliciosa de uma pipoca com chocolate que é um sucesso!

Ingredientes:

½ xícara de milho para pipoca

½ xícara de açúcar

2 colheres de sopa de chocolate em pó

3 colheres de sopa de água

2 colheres de sopa de margarina

1 pitada de sal

Modo de preparo:

Junte todos os ingredientes em uma pipoqueira e leve ao fogo mexendo continuadamente. Quando o milho começar a estourar, coloque a tampa da pipoqueira, reduza o fogo e continue mexendo até estourar todo o milho. Em seguida, despeje a pipoca em uma vasilha de louça ou vidro. Não utilize vasilhas de plástico, pois o calor pode danificá-las.

Dicas:

  • Se você não tiver chocolate em pó ou optar por adicionar achocolatado, coloque em maior quantidade que o chocolate e reduza o açúcar.
  • Se não possuir pipoqueira, utilize panela comum, nesse caso, quando o milho começar a estourar, cubra a panela deixando-a entreaberta e continue mexendo a pipoca com uma espátula de madeira.
  • Evite preparar essa receita em maior quantidade de uma só vez, para que não grude no fundo da panela e acabe queimando.

dsc08589

Hum!

Maria Sônia

Frango de boteco

Receita perfeita para no calor do verão acompanhar uma cerveja ou uma salada para os mais lights. Não absorve óleo, fica sequinho por fora e suculento por dentro, não deixe de provar esse frango no melhor estilo boteco!

Ingredientes:

1 kg de coxas de frango

1 e ½ litro de água

1 folha de louro

1 colher de sopa de sal

4 dentes de alho

Alecrim fresco a gosto

½ litro de óleo para a fritura

Modo de preparo:

Leve ao fogo uma panela com a água e todos os ingredientes, exceto o frango e o óleo. Quando ferver, adicione o frango já limpo e deixe cozinhar por uns 20 minutos ou até que a carne esteja macia, mas não muito cozida. Escorra sobre o escorredor de macarrão dispensando o caldo do cozimento, mantenha as coxas no escorredor, reserve. Leve ao fogo uma panela com o óleo, quando estiver quente, frite o frango até que esteja dourado, retire com o auxílio de uma escumadeira colocando sobre papel toalha. Sirva quente ou à temperatura ambiente.

Dicas:

Deixe as coxas escorrerem bem antes de fritar para evitar salpicar óleo ao fritá-las.

   dsc08603

Uma delícia!

Maria Sônia