Doce de banana prata de corte

Essa receita é indicada para você que tem muitas bananas a disposição ou que se esqueceu de usá-las e maduraram demais, ficando impróprias para o consumo in natura. Então aproveite sem desperdícios essa deliciosa fruta preparando um doce rápido e que leva pouquíssimos ingredientes! Espero que goste!

Ingredientes:

12 bananas prata bem maduras

250 g de açúcar cristal

Suco de um limão

Modo de preparo:

Descasque as bananas, amasse-as com o auxílio de um garfo, adicione o suco de limão, misture. Coloque em uma panela (de preferência de inox), adicione o açúcar e leve ao fogo. Quando começar a ferver, reduza o fogo, cubra a panela com uma toalha de prato limpa e umedecida prendendo as pontas para que não encoste nas labaredas do fogo. Cozinhe o doce mexendo de vez em quando. Após o doce desgrudar do fundo da panela, mantenha-o no fogo por mais uns 20 minutos mexendo continuadamente. Retire do fogo, despeje em uma vasilha de vidro ou de louça e deixe esfriar. Depois de frio, caso queira, corte o doce e passe no açúcar impalpável. Irão ficar iguais às “bananinhas” que adquirimos prontas.

Uma verdadeira delícia!

Maria Sônia

Anúncios

Docinhos de leite ninho com Nutella

Um docinho que está na moda e tem cada vez mais ganhado espaço nas festas é o de leite Ninho recheado com Nutella. O brigadeiro de leite em pó combina perfeitamente com o creme de avelã, fica difícil resistir! Doce fácil de fazer porque nem ao fogo vai, você não tem desculpas para não provar!

Ingredientes:

3 xícaras de leite em pó

1 xícara de açúcar de confeiteiro

1 lata de leite condensado

1 pote de Nutella (350 g)

1 xícara de açúcar impalpável para finalizar

Modo de preparo:

Em um bowl, coloque o açúcar de confeiteiro e o leite em pó, misture e vá adicionando aos poucos o leite condensado mexendo continuadamente. Em seguida, pegue pequenas porções e boleie entre as mãos, faça uma cavidade no docinho com o auxílio de uma faca sem ponta e coloque o recheio de Nutella, feche, e volte a bolear. Passe a bolinha no açúcar impalpável e acomode-os em forminhas de papel. Repita esse processo até terminar toda a base. Rendimento: 100 mini docinhos.

Dicas:

Torna-se mais rápido e fácil rechear os docinhos usando um saco de confeiteiro ou bico para rechear churros.

Irresistível!

Maria Sônia

Doce em calda de casca de laranja Bahia

A laranja Bahia tem uma casca grossa, ótima para o preparo de doce em calda ou cristalizado. Aproveite essa receita e se delicie!

Ingredientes:

Cascas de 6 laranjas baianas

400 g de açúcar

1 pedaço de canela em pau

500 ml de água

Modo de preparo:

Lave as laranjas, raspe-as com o auxílio de uma faca de serra ou rale-as levemente em um ralo fino, de forma a remover só o sumo amargo que se encontra externamente na casca. Em seguida, lave e corte as laranjas em cruz, remova a polpa, coloque as cascas obtidas em um bowl durante 3 dias trocando a água diariamente. Após os três dias, dispense a água, lave as cascas e reserve. Coloque em uma panela o açúcar, os 500 ml de água e a canela, leve ao fogo. Quando ferver, reduza o fogo e adicione as cascas reservadas. Cozinhe em fogo baixo sem mexer até que as cascas fiquem translúcidas e macias.

Dicas:

  • A polpa pode ser usada para o preparo de bolos, saladas de frutas, sucos etc.
  • Esse doce cozinha-se sem mexer para que a calda não cristalize.
  • Perfeito para servir quente com sorvete, adicionar a saladas de frutas, usar no preparo de biscoitos (nesse caso, cortado em pequenos pedacinhos).

Lindo de ver e delicioso de comer!

Maria Sônia

Creme de milho verde e mandioca

Milho e mandioca, dois alimentos indispensáveis na cozinha brasileira, andando lado a lado nessa receita deliciosa. Os dois se complementam sem haver disputas e sim uma combinação perfeita, de cremosidade e sabor sem iguais.

Ingredientes:

1 litro de água

2 xícaras e ½ de milho verde

200 g de mandioca cozida

1 cebola grande

2 dentes de alho

2 colheres de sopa de óleo

1 pimenta dedo de moça sem as sementes

1 colher de sobremesa de sal

Noz-moscada moída na hora

½ maço de coentro fresco

1 colher de sopa de manteiga

Modo de preparo:

Descasque o milho, remova os “cabelos”, com uma faca, retire os grãos do sabugo cuidadosamente, reserve. Leve ao fogo uma panela com o óleo, a cebola e o alho, refogue sem deixar dourar, adicione o milho, mexa e adicione uma xícara da água, cozinhe por uns 10 minutos. Retire do fogo, bata no liquidificador o milho junto com mandioca, despeje de volta à panela e leve ao fogo baixo. Tempere com a pimenta dedo de moça bem picadinha, a noz-moscada e o sal. Cozinhe em fogo baixo mexendo de vez em quando por 10 minutos. Desligue o fogo, adicione a manteiga, o coentro bem picado e sirva em seguida.

Dicas:

Caso goste, adicione a essa receita 100 g de toucinho fresco sem pele. Nesse caso, refogue-o junto com o milho em grão e em seguida bata junto e siga os outros passos da receita normalmente.

Aproveite o inverno!

Maria Sônia

Beijinhos de mandioca

Beijinho é um dos doces de presença obrigatória em festas. Aprenda a preparar uma versão sem leite condensado, que irá surpreender seu paladar e agradar aqueles que são intolerantes à lactose ou veganos. Será impossível comer um só… Deliciosos!

Ingredientes:

2 xícaras de mandioca cozida

1 xícara de açúcar cristal

1 xícara de leite em pó (ou leite de soja em pó/ extrato de soja)

1 xícara de coco fresco raspado ou ralado no ralo fino

1 colher de sopa de margarina

½ xícara de coco para a finalização

Modo de preparo:

Passe a mandioca cozida sem sal pelo espremedor de batatas ou, caso estejam muito enxutas, passe-as por um ralo fino. Meça 2 xícaras bem cheias, coloque em uma panela, junte todos os outros ingredientes (exceto o coco para a finalização) e misture bem, leve a panela ao fogo baixo e cozinhe mexendo continuadamente até desgrudar totalmente do fundo da panela. Retire do fogo, despeje em um prato levemente untado com margarina e deixe esfriar. Molde os beijinhos, passe-os no coco e acomode-os em forminhas.

Uma surpreendente delícia!

Maria Sônia

Filé de merluza empanado com molho de oiti e coco

O oiti é um fruto típico do serrado, de sabor único e incomparável. Adicionado a essa receita fez toda diferença, combinando perfeitamente com o sabor do coco. Um molho incrível para servir com peixe, frango, legumes salteados etc. Experimente e me diga se gostou, OK?

Ingredientes:

500 g de filé de peixe de sua preferência (usei Merluza)

Suco de um limão

1 colher de chá de sal

Salsa desidratada a gosto

Pimenta do reino moída na hora a gosto

Polpa de 2 oitis (batidas no liquidificador com ½ xícara de água)

200 ml de leite de coco

1 colher de óleo

2 dentes de alho grandes

Sal a gosto

2 colheres de sopa de farinha de trigo

1 xícara de farinha de mandioca Deusa (para empanar)

Modo de preparo:

Filés

Com os filés já limpos e em um bowl, adicione o suco do limão, deixe descansar por uns 2 minutos e remova o suco apertando os filés entre as mãos, coloque-os de volta ao bowl e tempere com sal, pimenta do reino e salsa. Cubra o bowl e deixe em repouso por uns 30 minutos para pegar o sabor dos temperos. Passado o tempo, passe os filés na farinha de mandioca e frite-os em óleo quente até a farinha começar a dourar. Retire o peixe e vá colocando em papel toalha para retirar o excesso de óleo.

Molho

Em uma panela, refogue o alho no óleo sem deixá-lo dourar. Adicione o suco do oiti obtido da polpa, o leite de coco e o sal e deixe ferver em fogo baixo por uns 5 minutos. Adicione a farinha de trigo dissolvida em um pouco de água previamente, mexendo sem parar para não empelotar, e cozinhe por mais uns 5 minutos. Retire do fogo e sirva o molho sobre o peixe.

Dicas:

Não deixe o peixe fritar por muito mais tempo após a farinha começar a dourar para que o peixe fique suculento e não ressecado.

Surpreendente!

Maria Sônia

Bucha refogada

A bucha vegetal quando seca é muito útil, utilizada para limpeza geral e esfoliação corporal. Muitas pessoas optam por usá-la, contribuindo com o meio ambiente, já que as buchas sintéticas são feitas a base de petróleo e, quando descartadas, permanecem no meio ambiente por muito tempo. Mas, hoje falaremos das propriedades da bucha como alimento. Fruto rico em minerais como cálcio e ferro e em vitaminas. Para serem usadas em receitas devem ser colhidas quando bem jovens, mais ou menos quando atingirem o tamanho do pepino caipira, para que internamente estejam como a abobrinha, sem sementes. Espero que prove a aprove!

Ingredientes:

500 g de bucha

3 colheres de sopa de azeite ou óleo de sua preferência

1 cebola média

2 tomates sem pele e sem sementes

2 dentes grandes de alho

½ colher de sopa de salsa fresca bem picada

1 pimenta dedo de moça sem semente e picadinha

Sal ou caldo de legumes a gosto

Modo de preparo:

Coloque o azeite em uma panela, adicione a cebola e o alho e leve ao fogo para refogar sem deixar dourar. Enquanto isso, descasque as buchas com o descascador de legumes, removendo a casca verde. Corte a bucha em pedaços, coloque na panela e refogue mais um pouco, tempere com o restante dos ingredientes e adicione os tomates, cozinhe por uns 3 minutos ou mais se desejar.

Dicas:

Por oxidar (escurecer) com muita rapidez, é importante que após removidas as cascas, sejam logo cortadas e utilizadas.

Suas folhas, raízes e sementes são medicinais, usadas na fitoterapia.

   Experimente!

Maria Sônia

Abobrinha dourada no azeite

A abobrinha não é um legume como muitos pensam e sim um fruto. Neutro, pode ser usado em receitas doces e salgadas e são muitas as variações possíveis. Esse preparo é um dos mais básicos. Aproveite, bom apetite!

Ingredientes:

3 abobrinhas médias

Óleo para untar a frigideira

Azeite a gosto

Sal, orégano, manjericão e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

Lave as abobrinhas, seque com papel toalha e corte-as em rodelas não muito finas. Leve ao fogo uma frigideira teflonada com algumas gotas de óleo, quando esquentar, coloque as rodelas de abobrinha até cobrir todo o fundo da frigideira, mantenha em fogo alto por uns 5 minutos, vire para que doure o outro lado, retire colocando em um prato, reserve. Repita o processo com o restante. Quando terminar, coloque na mesma frigideira o alho e doure um pouco, retorne a abobrinha reservada à frigideira, adicione o azeite e os temperos a gosto. Sirva quente.

Dicas:

  • Use óleo para dourar a abobrinha, pois, a gordura do azeite satura, portanto deixe-o para adicionar no final do preparo.
  • É importante que essa receita seja preparada em fogo alto para que a abobrinha fique dourada sem amolecer ou juntar líquido.

   dsc00168

Fácil e delicioso!

Maria Sônia

Alfajor caseiro

Se você já teve o prazer de viajar ao Uruguai ou à Argentina, certamente conhece os deliciosos alfajores que nossos vizinhos são especialistas em fazer. Cheguei a essa receita depois de alguns testes e modificações, a bolacha ficou crocante na medida, soltinha e de sabor sem igual. Teste em casa e aproveite essa iguaria.

Ingredientes:

Massa

2 ½ xícaras de farinha de trigo

100 g de margarina de boa qualidade

½ xícara de açúcar

1 ovo

1 gema

2 colheres de mel

½ colher de sopa de fermento em pó

½ colher de sopa de essência de baunilha

Recheio

Ingredientes:

350 g de doce de leite bem consistente e de boa qualidade

¾ de xícara de coco fresco ralado

Cobertura

300 g de chocolate meio amargo

Modo de preparo:

Bata o açúcar com o ovo, a gema e a margarina na batedeira até fica esbranquiçado, dispense a batedeira. Adicione a essência e a farinha peneirada com o fermento, mexa com um pão duro ou espátula, dispense a espátula e amasse a massa com a mão. Faça uma bola com a massa e deixe-a repousar na geladeira por 30 minutos. Abra a massa na espessura de ½ cm e corte com um cortador apropriado para biscoitos redondos no tamanho desejado, arrumando-os em uma assadeira untada com margarina e polvilhada com farinha de trigo. Leve para assar em forno médio preaquecido por aproximadamente 10 minutos, não deixe dourar muito. Retire do forno e cubra a forma com papel manteiga até que estejam frios. Recheie e cubra com chocolate. Rendimento: 20 alfajores grandes.

Dicas:

Caso use o coco fresco, assim como eu, leve-o ao forno para secar até ficar crocante sem dourar.

Irresistível!

Maria Sônia

Molho de abacate com atum

No Brasil o costume é consumir o abacate em preparações doces, no entanto, em outros países essa fruta é muito utilizada em pratos salgados. Essa receita versátil é ótima para complementar saladas, sanduíches e massas. Não deixe de provar!

Ingredientes:

1 abacate médio maduro

1 lata de atum

1 cebola média

1 pimenta dedo de moça pequena e sem sementes

½ maço de coentro

½ maço de cebolinhas

3 colheres de sopa de azeite extra virgem

2 colheres de sopa de suco de limão ou vinagre

1 colher de chá de sal

Modo de preparo:

Descasque o abacate, pique-o em pequenos pedaços e coloque-os em um bowl. Adicione a cebola, o coentro, a cebolinha e a pimenta bem picadinhos, o sal, o suco de limão e o azeite, misture bem, junte o atum, mexa e sirva.

Dicas:

Se for vegetariano(a), é só dispensar o atum, nesse caso, adicione mais azeite.

Uma delícia!

Maria Sônia